Conheça os principais tipos de rejunte e saiba como escolher o melhor para a sua casa

Quando planejamos uma obra que envolve a troca ou a colocação de piso, há tantos detalhes para nos preocupar — como o tamanho, quantidade, cor, estampa e o material — que acabamos nos esquecendo de um ponto muito importante: o rejunte.

Esse é um elemento que contribui muitíssimo para o resultado estético do piso, porém, as suas capacidades não se resumem somente a isso. Mas, afinal, você sabe qual é a principal função do rejunte?

Sua principal função consiste no acabamento do piso; ele é fundamental para vedar as juntas entre as peças de revestimentos, criando uma proteção contra infiltrações e evitando possíveis fissuras.

Além disso, ele também tem o poder de disfarçar irregularidades, garantindo uma superfície completamente plana, tornando a limpeza dos pisos muito mais prática e eficiente.

É importante ressaltar que cada ambiente requer a aplicação de um tipo específico de rejunte, isso é necessário para garantir um acabamento melhor e maior durabilidade do material.

Pensando nisso, vamos apresentar os principais tipos de rejuntes, bem como as suas recomendações de uso. Confira!

Rejunte cimentício

Feito a base de cimento, areia fina, polímeros e pigmentos (para adequar-se à tonalidade dos pisos), essa é uma das opções mais baratas e, consequentemente, a mais utilizada.

Para aplicá-lo em áreas úmidas, como banheiros, cozinhas e ambientes externos, é necessário que ele seja impermeabilizado. Isso porque esse rejunte possui uma grande capacidade de absorção, o que o torna mais suscetível a manchas, acúmulo de sujeira e mofo.

O rejunte cimentício possui um acabamento áspero, que pode ser aplicado em juntas de 0,5mm até 10mm e é indicado para pisos cerâmicos, porcelanato, pastilhas e pedras.

 

Rejunte acrílico

Composto por uma mistura de resina acrílica, cimento, areia, aditivos, polímeros e pigmentos, essa é uma versão mais moderna e resistente do rejunte cimentício e a opção que apresenta o melhor custo benefício a longo prazo.

Diferente dos outros tipos, ele já vem pronto para o uso e é muito fácil de aplicar.

Seu uso é indicado para pastilhas, porcelanato, vidro e cerâmica, e, por ser mais resistente a umidade, ele permite a impermeabilização de todo o ambiente, podendo ser aplicado tanto em áreas internas quanto externas.

Rejunte epóxi

O rejunte epóxi possui uma qualidade superior quando comparado aos demais: ele é impermeável, anti manchas, antimofo e ainda apresenta alta resistência química e mecânica e, portanto, é também a opção mais cara.

Seu material é compatível com os mais diversos tipos de pisos e revestimentos e pode ser aplicado em qualquer cômodo. Devido a sua alta resistência, esse é o tipo mais indicado para ambientes úmidos e de limpeza frequente, podendo ser utilizado até em piscinas..

Além disso, ele também apresenta uma ótima resistência a produtos químicos, como água sanitária e cloro. Também não absorve sujeiras e, consequentemente, é muito fácil de limpar.

Sua aplicação requer um cuidado maior, sendo necessário contratar um profissional para realizar o serviço.

Fonte: C&C Casa e Construção

 

Precisando de uma ajuda ?
Entre em contato com a nossa equipe!