COMO IDENTIFICAR AS INFILTRAÇÕES E A EXTENSÃO DOS DANOS?

comment-detecter-infiltration-eau-mur-min

Geralmente, as pessoas descobrem a infiltração depois que os primeiros sinais de dano ocorrem, como:

  • Manchas e irregularidades nas paredes;
  • Estufamento do revestimento;
  • Desplacamento da tinta;
  • Formação de gotículas de água na superfície, entre outras.

Em alguns casos, é possível que consequências mais graves já tenham ocorrido e seja necessário realizar uma reforma mais ampla.

As empresas de construção civil, em especial, devem ficar atentas a isso, pois, frequentemente, as infiltrações são silenciosas e se instalam em um ritmo muito lento. Então, elas entregam um projeto aparentemente perfeito para os clientes, mas os vícios começam a surgir pouco tempo após o uso. Isso é uma causa de insatisfação significativa e deve ser evitada.

No caso das empresas de construção civil, é possível fazer uma detecção precoce com o uso de sensores infravermelhos de termografia. As áreas com umidade apresentam uma temperatura diferente das regiões normais.

A gente não consegue perceber com os nossos sentidos, mas os equipamentos, sim. Com isso, você pode fazer um controle de qualidade. Os profissionais que trabalham com reforma também podem usá-los para identificar a extensão dos danos e evitar quebrar grandes extensões de parede.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS CAUSAS E FORMAS DE PREVENIR INFILTRAÇÕES?

As infiltrações geralmente não são o problema em si, mas consequências de outros maiores. Vejamos os principais a seguir.

ROMPIMENTO DE TUBULAÇÕES

Quando um cano por onde passam líquidos se quebra, um vazamento pode se iniciar. Se ele for pequeno, é possível que a própria impermeabilização da parede consiga evitar a infiltração. No entanto, se ele for extenso, haverá uma quantidade importante de líquido, gerando a necessidade de quebrar todo o trajeto do tubo para encontrar a localização e fazer a substituição.

QUEBRA OU SOLTURA DE TELHAS

Uma causa muito frequente é o deslocamento das peças do telhado. Com isso, a água da chuva se infiltra na laje e penetra pela estrutura. É o que chamamos de umidade por intempéries. Nesse sentido, a principal ação preventiva é a impermeabilização flexível ou semiflexível da laje com materiais apropriados e de alta qualidade.

REVESTIMENTO E COBERTURA MAL FEITOS

Ocorre principalmente em apartamentos e edifícios de andares. Mesmo que não haja um vazamento, a água do banho pode penetrar pelo piso. Para isso, é preciso utilizar de impermeabilizante semiflexível ou flexível nas áreas úmidas e molhadas dos apartamentos.

FISSURAS OU TRINCAS NAS FACHADAS

Eventuais problemas estruturais na área externa podem abrir fendas que trazem o acúmulo de água para materiais mais permeáveis, como os tijolos. A fim de evitar esse problema, a impermeabilização das fachadas é uma excelente estratégia de prevenção. Esse tipo de impermeabilização oferece a proteção necessária para que a estrutura da fachada não absorva água e transmita a umidade para dentro dos cômodos.

FUNDAÇÃO MAL EXECUTADA

Se o alicerce dos edifícios não for feito com o planejamento e a execução adequados, a umidade oriunda do solo pode penetrar no piso pelo processo de capilaridade. As principais formas de prevenção, nesse sentido, são o cálculo correto da profundidade da fundação e o uso de impermeabilizantes rígidos de qualidade e dosados corretamente na argamassa e no concreto utilizados.

COMO RESOLVER INFILTRAÇÃO NA PAREDE?

Se você não adotou as estratégias de prevenção adequadas, possivelmente já está enfrentando os problemas da infiltração. Então, é preciso tomar alguns passos para corrigir.

 

Fonte: Blok

Estamos a sua disposição para ajudar na manutenção do seu imóvel.
Entre em contato conosco que iremos resolver tudo para você!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest