A limpeza da caixa d’água das residências é fundamental para garantir um ambiente adequado e livre de bactérias, para reservar água. A contaminação da água põe em risco a saúde e provoca doenças como diarreia, hepatite, leptospirose, entre outras. No Brasil, 70% das internações hospitalares são causadas por doenças relacionadas à contaminação da água.

A caixa d’água residencial é um grande reservatório que armazena água para o consumo daqueles que ali vivem. Essa água é utilizada em nossos banhos, no preparo de alimentos, lavagem de roupas, entre diversas outras finalidades (inclusive, muitos a bebem mesmo sem passar por qualquer processo de purificação).

Ou seja, a água oriunda da caixa d’água é utilizada o dia todo, todos os dias. Por isso, a importância de ter um reservatório higienizado é a mesma de consumir uma água limpa e pura – ou seja, enorme! Quando a limpeza não é feita periodicamente, a caixa d’água pode acumular resíduos em seu fundo. Isso não só a obstrui, causando prejuízos para os moradores da casa, como também pode gerar doenças.

Isso porque a falta de higiene constante propicia o surgimento de fungos, bactérias, protozoários e até mesmo algas. Esses agentes são contaminantes e, muitas vezes, tóxicos a saúde.

Como limpar a caixa d’água corretamente?

O modo correto de limpar a caixa d’água depende das recomendações de seu fabricante. Porém, de um modo geral, costumam seguir os seguintes passos (orientações da Sabesp – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo):

  1. Feche o registro que fica na entrada do equipamento. Se sua caixa d’água não tiver um registro, feche o registro de água da casa ou amarre a boia que fica no interior da caixa;
  2. Retire a água presente na caixa (deixe apenas 20 cm) e a armazene. Após, tampe a saída de água;
  3. Escove toda a superfície interna sem utilizar qualquer produto químico. Além disso, observe para que a sujeira não vá para as tubulações;
  4. Com uma pá de plástico, panos e baldes, vá retirando a água com resíduos do fundo da caixa. Cuidado para não contaminar as paredes internas;
  5. Deixe entrar mais 20 cm de água e acrescente 2 litros de água sanitária, criando assim uma solução esterilizadora. Aguarde 2 horas e utilize o líquido para molhar a superfície interna da caixa d’água;
  6. Após, mesmo com o registro fechado, abra a saída da caixa, esvaziando-a;
  7. Abra as torneiras, chuveiros e dê descargas para limpar as tubulações da casa. Além disso, utilize nos primeiros momentos para lavar o quintal, o carro, etc.;
  8. Tampe a caixa com atenção, vedando para que não entrem sujeiras e insetos.

Sabemos que a higienização correta da caixa d’água não é um processo tão simples e rápido. No entanto, de acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), essa limpeza deve ser realizada a cada seis meses. Por isso, contar com auxílio profissional pode ser uma opção viável. Se precisar de ajuda para limpar a sua caixa d’água, fale conosco.

Precisando de uma ajuda ?
Entre em contato com a nossa equipe!