Geralmente, pensamos em trocar toda a fiação elétrica do imóvel ou do escritório apenas quando falhas e problemas começam a acontecer, mas é necessário entender que nem sempre essa consideração deve ser feita com a rede elétrica, pois cada um dos componentes que utilizamos em um circuito de energia possui vida útil.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é que, com o tempo, os aparelhos eletrônicos vão evoluindo e mudando a concepção de consumo de energia, podendo economizar ou utilizar mais potência.

Você não tem mais os mesmos aparelhos e nem a mesma quantidade que tinha há quase 30 anos; você trouxe outros elementos para a sua casa ou escritório.

Computadores, TVs, ar-condicionado, celulares e outros sistemas mais complexos tomaram conta do seu ambiente, mas será que a fiação elétrica do local segue os mesmos passos?

Quanto mais avançada a tecnologia fica, mais você deve se preocupar com a fiação de sua casa, escritório ou sala de reuniões, para que tenha maior segurança e economia de energia.

Quando é hora de trocar a fiação elétrica?

Não existe uma regra exata para de quanto em quanto tempo realizar a troca da fiação elétrica, mas fique atento aos sinais dos defeitos que a fiação pode apresentar antes de dar um problema definitivo, como quedas de energia, curtos, possíveis falhas de isolamento dos fios, entre outros.

Quando nenhum desses problemas ocorre, um consenso existe que o tempo razoável para a troca da fiação é de uma vez a cada cinco anos.

É necessária uma revisão da fiação elétrica para que sejam encontrados: problemas nos isolamentos dos fios, ligações com defeito ou risco de acidentes, inadequação às normas elétricas e se a rede é compatível com a realidade do imóvel e seus produtos.

A partir dessa revisão, você estará por dentro de tudo o que acontece com a sua fiação elétrica e isso lhe mostrará exatamente se é o momento ou não de realizar a troca.

A fiação também deve ser trocada quando chegar um novo aparelho no ambiente que exija o aumento da potência.

Como proteger o ambiente?

Na hora de realizar a troca da fiação, é necessário seguir as normas técnicas, como a NBR 5410 da ABNT, para instalações elétricas de baixa tensão. Ela foi feita diretamente para proteger os usuários na hora de realizar uma troca elétrica.

Caso você não esteja trocando, mas sim construindo sua estrutura, porém ainda não tem certeza se tudo está coerente, consulte a TRENA REFORMAS para realizar o procedimento correto.

 

Fonte: Sperone

A Trena Reformas está aqui para te ajudar e te oferecer as melhores soluções