Sempre quando se pensa em construir ou reformar, é primordial atentar-se a todas as opções, sobretudo aquelas que garantem um ótimo custo-benefício. O sinteco é um material que se encaixa bem nessa ideia, considerado por profissionais um recurso ideal para deixar pisos com aspecto novo e bem cuidado. Fora isso, há ainda outras vantagens. Para saber tudo, acompanhe o post com muitas dicas e tudo sobre esse tipo!

Assoalhos de madeira nunca saem de moda e servem sempre para deixar o ambiente mais requintado e sofisticado. Muitas pessoas amam essa alternativa, por isso, é necessário mantê-la sempre linda, sobretudo para uma sala ou ambiente em que há muita movimentação. Para chegar a esse objetivo, o sinteco é fino e resistente, que protege e garante a beleza de qualquer espaço, sendo a preferência de muitos indivíduos e uma tendência que nunca perde força, além de duradouro e econômico.

Que tal, então saber tudo sobre o sinteco, para aplicar no seu piso e deixá-lo incrível?

 

Sinteco é uma resina/verniz transparente feito à base de acrílica, água e formol, usado como revestimento de pisos de madeira, encontrados sempre em tês tipos: fosco, brilhante e semi brilho ou acetinado. É uma opção que se popularizou muito nos últimos tempos, devido à praticidade de aplicação e o efeito duradouro e eficiente.

Além de manter o piso brilhante, ajuda a deixá-lo com cara de novo e bem cuidado, ideal para ambientes internos que precisam de limpeza diária, como igrejas, lojas, edifícios históricos, entre outros. Ao contrário do que muita gente pensa, ele deve ser usado apenas como revestimento, e não como impermeabilizante, mais para dar beleza ao espaço.

A durabilidade média desse verniz é de 8 anos, chegando a 12 dependendo dos cuidados. Depois desse tempo, é indicado fazer uma reaplicação para que mantenha o mesmo aspecto. Por isso, a manutenção é fundamental!

Vantagens do sinteco:

Protege o piso de madeira contra o ataque de agentes maléficos, como fungos e cupins; Tem alta durabilidade e elasticidade em comparação a outros materiais; Dá maior resistência e acabamento brilhante ao piso, graças a sua transparência; Fácil de manter e limpar, apenas usando um pano úmido ou aspirador de pó.

Tipos de Sinteco – Acabamento

Há dois tipos de sinteco disponíveis no mercado, de fabricantes diferentes: tradicional e bona. O primeiro é o mais usado e convencional, com três formas e desenvolvido com ureia, água e formol.

Brilhante

Como o próprio nome diz, esse tipo dá um acabamento brilhante ao piso. Ótimo para interiores, quartos, recepções e similares. Veja detalhadamente como é essa variação de sinteco:

Semi Brilho / Acetinado

O sinteco acetinado não é tão brilhante como o primeiro, deixando um acabamento mais discreto, na média para muitas pessoas. É a melhor escolha para salas grandes, escadas e locais com muita movimentação. Veja os detalhes:

Fosco

Já o sinteco fosco é aquele que não tem brilho nenhum. A aparência da madeira fica bem natural, como se não tivesse camada de verniz. Recomendado para quem não quer dar tanto destaque ao piso, como interiores de casas e até fachadas pequenas, como passeios e calçadas.

Como limpar e manter? Cuidados

A conservação do sinteco é muito importante para a beleza e a durabilidade do piso. Por isso, limpe e mantenha sempre com o melhor aspecto para que fique sempre lindo. Veja o passo a passo dos cuidados:

  • Após a aplicação da resina, você deve limpar apenas com uma vassoura de pelo natural. Muitos produtos e até a água favorece o aparecimento de manchas, pois a resina ainda não está totalmente fixada. Espere, pelo menos, 30 dias;
  • Depois desses dias preliminares, a limpeza pode ser normal. Use água e um pano umedecido para remover toda a sujeira. Se necessário, passe um pano seco para retirar o excesso de umidade do piso;
  • É primordial secar bem o piso após a limpeza. Além de evitar acidentes, ainda previne o aparecimento de manchas;
  • Posso usar cera? Não é indicado. Segundo especialistas, ela deixa o piso de madeira com um aspecto feio e ‘gorduroso’;
  • Produtos convencionais e à base de álcool, graxas, detergentes, lustra-móveis e alvejantes não devem ser usados de forma alguma. Eles acabam com o sinteco e prejudicam o aparência do piso.

    Alguns profissionais indicam vinagre para limpar essa resina. Vale fazer o teste, com pouca quantidade e diluído com um pouco de água, passando com um pano e secando posteriormente.

Curtiu?  Que tal fazer a aplicação de sinteco em seu piso?
Preencha o formulário abaixo que entraremos em contato para realizarmos um orçamento:

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone (obrigatório)

Assunto

Caso necessite, envie aqui a sua planta ou fotografia.
Anexar arquivo: (até 5Mb)
]

Mensagem

Algumas inspirações: